Dicas de cultivo: guia para potencializar a produção de tricomas

Nem sempre a experiência é suficiente. Os melhores fertilizantes e ciclos de rega só ajudam até certo ponto. Hoje você vai aprender o que deve fazer para cultivar uma planta de maconha coberta dos tão amados tricomas.

Cada cultivar tenta tirar o máximo proveito de sua planta. Seja fornecendo os nutrientes certos ou a quantidade necessária de luz, no final, tudo se resume aos tricomas. Esses pequenos “cristais” parecem ser a indicação mais comum da saúde e potência de uma planta. Embora os tricomas nem sempre sejam um sinal de uma colheita bem-sucedida, eles são essenciais para uma maconha de qualidade.

Embora todos os cultivadores saibam que são importantes, a maioria não entende por que a planta de cannabis os produz. Se você deseja obter alguns buds resinosos, é essencial que você entenda. Biologicamente, os tricomas são usados ​​para autodefesa. Eles são a melhor maneira natural para as plantas fêmeas de cannabis se protegerem de pragas e patógenos. Graças aos aromas e sabores “agressivos” dos terpenos e outros compostos secretados pelos tricomas, os insetos tendem a ficar longe dos frutos. Os tricomas também ajudam a revestir os buds, protegendo-os dos raios ultravioleta. Através da sombra que fornecem, a planta controla melhor a quantidade de luz que chega aos frutos.

Aqui estão algumas dicas práticas para obter o máximo dos tricomas em sua planta.

Genética: a chave para obter buds resinosos

Existem dois fatores principais que influenciam a saúde geral e a produção de uma planta: genética e meio ambiente. Para começar, devemos enfatizar a importância dos genes. Se você deseja obter o máximo de tricomas, deve escolher genéticas que os produzem em grande abundância. Quando você obtém as melhores sementes, já fez todo o possível para obter um dos fatores. Agora só precisa se preocupar com o ambiente. Mas lembre-se de que os tricomas não são a única coisa que influencia a potência da cannabis. Certifique-se de ter um bom entendimento do que cada variedade oferece antes de comprar suas sementes.

Se estiver procurando a produção máxima de tricomas, podemos recomendar uma longa lista de cepas promissoras.

Mas existem algumas variedades que se destacam claramente das demais. A Lemon Shining Silver Haze e a White Widow são conhecidas pelo grande número de resinas brilhantes que produzem seus buds. Essa abundância de resina viscosa garante altos níveis de THC e terpenos.

Iluminação

A luz é essencial para o cultivo de maconha, o que inclui a otimização dos tricomas. A luz fornece energia às plantas de cannabis, aumentando o metabolismo e a função celular. Para produzir grandes quantidades de tricomas e, portanto, resina, você precisa de níveis adequados de luz.

Aparentemente, as plantas de maconha cultivadas perto do equador produzem mais resina do que as plantas de exterior cultivadas em outros lugares. Ao redor do equador, as plantas recebem mais luz ultravioleta (UV), outra variável que ajuda a aumentar a produção de tricomas.

Nessas regiões, o excesso de UV pode danificar os tecidos das plantas. Em resposta a isso, as plantas produzem mais tricomas para se protegerem dos danos da radiação. Se você deseja aumentar a produção de tricomas em seu cultivo, você pode usar diferentes tipos de luz. A seguir, citaremos as duas melhores opções.

  • Luzes LEC

As lâmpadas LEC (Light Emitting Ceramic – Vapor de Cerâmica) são tubos de arco de cerâmica que emitem uma sombra de luz natural. Além de potencializar o crescimento e a produtividade das plantas, também emitem raios UV-B. Este tipo de luz imita a luz à qual a cannabis é exposta em seu ambiente natural. Em resposta, as plantas aumentam a produção de tricomas como mecanismo de proteção.

  • Luzes ultravioleta (UV)

Luzes ultravioleta também emitem esse tipo de luz. Essas luzes são acessíveis e podem ser facilmente encontradas em petshops e outras lojas especializadas. Instale-os em seu quarto/tenda de cultivo para expor suas flores a esse tipo de luz que realça os tricomas.

Privação de luz no final da floração

Certamente, o uso de uma luz adequada faz maravilhas durante a fase de floração. No entanto, reduzir a luz completamente no final da floração também tem suas vantagens. Inclusive, alguns cultivadores privam suas plantas de luz por 24-48 horas antes da colheita, na esperança de que os níveis de tricomas aumentem.

Umidade e calor

Na natureza, as plantas de cannabis produzem tricomas principalmente como um mecanismo de sobrevivência. Os canabinoides e terpenos são metabólitos secundários, não contribuem para o crescimento e reprodução das plantas, mas as protegem contra o mundo exterior.

Além de defender as plantas de pragas e predadores, a resina produzida pelos tricomas também as protege das intempéries. Ao expor uma planta a uma quantidade ideal de estresse (suficiente para aumentar a produção de resina, mas sem afetar o desenvolvimento da planta), você pode aproveitar esses mecanismos de sobrevivência.

Umidade

Ao reduzir a umidade relativa no espaço de cultivo, você estará expondo suas plantas a um ambiente um pouco mais estressante, enquanto protege os buds do mofo. Para melhores resultados, no final da floração, reduza a umidade relativa da tenda  ou quarto de cultivo para cerca de 30%.

Calor

Para aumentar a produção de tricomas, você também pode aproveitar a temperatura. Se for muito alta, os valiosos (mas voláteis) terpenos produzidos pelos tricomas começarão a se degradar. E se for muito baixo, afetará o metabolismo das plantas. Tente manter a temperatura entre 21° e 26° C.

Suplementos

As plantas de maconha crescem saudáveis em misturas de solo de boa qualidade. Mas, se quiser levar a produção de tricomas a outro nível, você pode adicionar vários suplementos ao meio de cultivo. Use esses produtos para fortalecer a saúde das raízes, melhorar a produção e aumentar a quantidade de tricomas.

  • Bactérias ácido lácticas (LAB)

As bactérias costumam ter uma má reputação. No entanto, à medida que aprendemos mais sobre o microbioma e os probióticos, começamos a apreciar as bactérias boas. A planta da cannabis tem seu próprio microbioma, consistindo de bilhões de micróbios benéficos.

Ao adicionar LAB ao solo, esses micróbios irão decompor os açúcares em ácidos graxos de cadeia curta. As plantas então usarão esses ácidos na tentativa de produzir mais tricomas, canabinoides e terpenos.

  • Melaço

O melaço é excelente para uso na cozinha, mas também um ótimo ingrediente para conseguir um solo saudável. Carregado com minerais, vitaminas e açúcares, o melaço fornece muitos nutrientes essenciais para as plantas de cannabis, ao mesmo tempo que alimenta micróbios benéficos na rizosfera.

  • Aminoácidos

Os aminoácidos são os blocos de construção das proteínas. Ribossomos (pequenas organelas em células vegetais) ligam cadeias de aminoácidos para criar proteínas funcionais que são usadas para formar tecidos, incluindo os tricomas.

Treinamento das plantas

Sabemos que um nível adequado de estresse causa um aumento na produção de tricomas. E assim como os fatores ambientais podem estressar as plantas, as técnicas de treinamento também podem.

  • Super Cropping

O super cropping consiste em beliscar as apicais dos galhos e torce-los parcialmente, redirecionando para crescer em uma determinada direção. Esta técnica permite abrir a copa da planta, melhorar a ventilação e aumentar o rendimento. Além disso, acredita-se que o dano ao tecido da planta ativa os mecanismos de defesa, como o aumento da produção de tricomas.

  • Evite manusear os buds

A aplicação de técnicas de treinamento envolve o manuseio brusco dos galhos e folhas, mas tome cuidado com os buds! Os tricomas se desprendem facilmente (basta dar uma olhada no fundo do seu pote de erva). Manuseie os buds com cuidado para evitar diminuir a quantidade desses pequenos, mas preciosos tesouros.

  • Choque de frio

Há quem diga que lavar as raízes com água gelada aumenta a produção de tricomas. Dar um coque a frio adiciona a cereja do bolo após a aplicação das técnicas de treinamento. Para isso, recomenda-se o uso de água gelada ao fazer a “lavagem das raízes”, ou flush, no final da floração. Acredita-se que isso forneça outro estresse benéfico, estimulando a produção de tricomas.

Como aumentar a produção de tricomas: adote uma abordagem ativa

A genética é o principal fator que determina a quantidade de tricomas na cannabis. No entanto, como mostramos neste artigo, os cultivadores podem usar vários métodos para aumentar a produção dos tricomas. Você pode começar com uma ou duas técnicas e gradualmente adicionar mais à medida que as domina. Com o tempo, você obterá buds cada vez mais resinosos, carregados de canabinoides e terpenos.

Leia também:

Referência de texto: Royal Queen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s