Dicas de cultivo: como selecionar a melhor planta-mãe

Uma boa planta-mãe, ou madre, é aquela que nos fornece boas mudas. Normalmente se fala delas como plantas selecionadas entre várias e que se destacam em vários aspectos positivos. E uma vez que uma muda é uma cópia exata de sua mãe, não faz sentido ter uma planta que não satisfaça totalmente quem vai cultivá-la de forma contínua. Sobre gostos pessoais, não existe uma forma de descrever, pois cada um tem o seu. Uma variedade pode ser deliciosa para muitas pessoas, mas pode não ser para uma determinada pessoa.

Ao selecionar uma madre é sempre melhor optar por uma variedade com a qual estamos familiarizados. Se já a tivermos cultivado ou pelo menos provado um bud, saberemos mais ou menos o que esperar.

Também tendo cultivado uma variedade que contém sua genética, no caso de um híbrido. Por exemplo, em híbridos Skunk, aromas fortes e sabores almiscarados dominam. Nos híbridos OG e Diesel, os toques ácidos, cítricos e combustível, e por aí vai…

Como dissemos no início, perpetuar uma variedade que apenas ouvimos falar ou lemos é um pouco arriscado. Porque, por mais que ouça ou leia diversos aspectos positivos, é você quem tem que gostar dela. Nem sempre apostar em uma variedade será garantia de sucesso apenas por causa de seus comentários positivos. Na hora de clonar, pode até errar apostando em uma variedade que já cultivou diversas vezes.

Selecionar a melhor das madres é uma questão de estatística. Por exemplo, em um pacote de 3 sementes podemos encontrar uma planta impressionante e muito superior às outras. E em 10 pacotes de 10 sementes da mesma variedade podemos não encontrar nenhuma tão boa quanto aquela outra.

Mas, logicamente, sempre há uma chance melhor de encontrar a melhor planta-mãe de cannabis entre um grande número de plantas. Grandes seleções são sempre feitas a partir de um grande número de sementes. Embora também existam verdadeiras joias de clones de elite de seleções menores.

Como selecionar uma planta-mãe de cannabis

Nem todos os cultivadores têm espaço suficiente para fazer uma seleção de 100 ou 200 plantas, principalmente no Brasil. O mínimo recomendado é partir pelo menos 10 sementes. Se tiver que ter menos, você já deve levar em consideração que as chances de encontrar as melhores mães são reduzidas. Acredite ou não, já que ninguém sabe em qual pacote está a “semente em um milhão”. Mas também, pela autossuficiência, não custa tentar.

Desde o primeiro momento que iniciar um cultivo, que será quando colocar as sementes para germinar, é também o início da sua seleção, por isso cada uma delas deve estar perfeitamente identificada. Isso ajudará ao anotar todos os detalhes que puder observar, tanto positivos quanto negativos. Por exemplo, qual germinou antes, qual cresce mais rápido, qual nos transplantes mostra mais raízes, qual tem menos distância entre os nós, qual é a mais ramificada, etc.

Mas, sem dúvida, as diferenças entre as plantas serão mais evidentes assim que a fase de floração começar. Afinal, para muitos o mais importante é a colheita. De pouco adianta selecionar uma planta com base no quão compacta ou alta ela é, ou no seu vigor, se posteriormente não for a mais produtiva, a mais potente ou a que mais se adequa às suas necessidades.

Mas antes de iniciar a fase de floração, para ter certeza, garanta pelo menos duas mudas de cada planta. E sempre mantenha todas perfeitamente identificadas. Mantenha estas com um fotoperíodo de crescimento. Uma delas será sua futura planta-mãe de cannabis, então a partir desse momento cuide bem delas.

Como citado antes, desde o início da floração algumas plantas apresentam diferenças. Alongamento na fase de transição do crescimento para a floração. Velocidade para começar a florescer. Velocidade na produção de tricomas e quantidade. Grau de compactação e tamanho dos buds. Cor, aroma, produção… E ainda tolerância a fertilizantes, resistência a pragas ou fungos se ocorrerem no cultivo.

Os descartes

Algo muito importante é descartar qualquer planta com qualquer leve sinal de hermafroditismo. Embora possa ser algo específico devido a algum fator de estresse, poderá ser uma planta com tendência ao hermafroditismo. Você já deve avaliar se essa planta vale a pena continuar a florescer ou é melhor removê-la e não colocar em risco a colheita de todas as outras.

Você também deve levar em consideração qual será o futuro da planta-mãe. Se você cultiva outdoor, pode estar interessado em uma planta alta e ramificada. E se você cultiva indoor, geralmente uma planta mais interessante, antes de tudo, é uma que não se estique muito. Posteriormente, dependendo da técnica de cultivo que pretenda fazer, são interessantes plantas mais colunares para SOG e mais ramificados para SCROG. Como citamos, a planta perfeita é aquela que se adapta melhor ao seu gosto.

Qual será minha planta-mãe de maconha?

Assim que tiver colhido e a erva e tiver uma boa secagem e um mínimo de cura, a prova de fogo virá. Calmamente, experimente cada bud e tome a decisão final. Haverá um que você mais gosta ou que tem mais efeitos do seu agrado. Você terá uma boa quantidade de botões de cada planta, portanto a decisão não precisa ser questão de um dia ou uma semana.

Se você tem duvida entre várias, suas anotações podem te ajudar. Talvez algumas delas sejam um pouco mais produtivas, florindo um pouco mais rápido, mais resistentes, suas mudas enraízam mais rápido, etc… E você também sempre tem a possibilidade de começar a partir das mudas que guarda delas, para voltar a cultivar as que parecem melhores para você. Talvez em uma segunda seleção você veja alguns detalhes que escaparam na primeira seleção.

Leia também:

Referência de texto: La Marihuana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s